Como trocar a corrente da moto?

Você já se perguntou como trocar a corrente da sua moto? A corrente desempenha um papel crucial no funcionamento da sua motocicleta, e saber como realizar essa manutenção é essencial para garantir a segurança e o desempenho do seu veículo. Neste artigo, vamos explicar passo a passo como trocar a corrente da moto, para que você possa realizar essa tarefa de forma segura e eficiente. Continue lendo para descobrir tudo o que você precisa saber sobre esse procedimento!

1. Ferramentas necessárias para trocar a corrente da moto

Antes de começar o processo de troca da corrente da moto, é importante garantir que você tenha as ferramentas necessárias para realizar o trabalho com eficiência e segurança. Algumas das ferramentas essenciais incluem: chave de soquete, chave de boca, desforcímetro, suporte de elevação, graxa para corrente, e, é claro, a nova corrente da moto.

O desforcímetro será necessário para ajustar a tensão correta da corrente, enquanto a graxa para corrente ajudará a prolongar a vida útil da nova corrente, garantindo que ela funcione de forma suave e eficaz. Além disso, o suporte de elevação é fundamental para manter a moto elevada e estável durante o processo de troca da corrente, garantindo a segurança do procedimento.

2. Passo a passo para remover a corrente antiga da moto

Antes de começar o processo de troca da corrente da moto, é importante ter em mãos as ferramentas necessárias, como um alicate de pressão e uma chave de boca. Primeiramente, posicione a moto em um local apropriado e seguro, com o apoio do cavalete central ou lateral.

  1. Etapa 1: Utilize o alicate de pressão para afrouxar e retirar o pino de ligação da corrente, que normalmente está localizado na emenda da corrente.
  2. Etapa 2: Com o auxílio da chave de boca, solte a porca do eixo traseiro e deslize a roda para frente, de forma a aliviar a tensão da corrente.
  3. Etapa 3: Após aliviar a tensão, deslize a corrente para fora da coroa e do pinhão, e em seguida, remova-a completamente da moto.

Kit Com 3 Lenços Bandanas

4,2
Kit c/3 bandanas lenço bandanas confeccionadas em tecidos compostos com algodão…

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br
4,6
Confeccionado em thermoskin, tecido que aquece e regula a temperatura corporal ao absorver a transpiração e permitir transferência rápida da…

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br
4,3
Viseira com espessura de 2mm, proporciona maior segurança e resistência a impactos e riscos

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br
4,7
Luva X11 Protetora Blackout 2 Masculina Motociclista Motoqueiro Motoboy Bike Ciclista PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Luva cano curto;

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br
4,4
Confeccionada em Poliéster microfibra Rip Stop que propicia boa ventilação, baixa taxa de absorção e de retenção de suor, facilitando a transpiração e maior resistência a rasgos.

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br
3,9
MATERIAL AMIGÁVEL PARA A PELE: CNSTORE Este moletom é feito de poliéster, elastano. Bom acabamento, muito macio, solto, durável, confortável e quente.

Como um associado da Amazon eu ganho com qualificações de compras. Qualquer preço e a disponibilidade de informações apresentadas sobre a Amazon no momento da compra aplicam-se à compra deste produto.

Amazon.com.br

3. Como escolher a corrente de reposição ideal para a sua moto

A escolha da corrente de reposição para a sua moto é um passo essencial no processo de substituição. É importante considerar o tipo de moto que você possui, a potência do motor, o estilo de pilotagem, entre outros fatores que podem influenciar na escolha da corrente certa.

Além disso, é essencial verificar as especificações do fabricante da moto para garantir que a corrente escolhida seja compatível e atenda às recomendações do fabricante. Isso garantirá o bom funcionamento da transmissão e a segurança durante a pilotagem.

Procure por correntes de alta qualidade, fabricadas com materiais resistentes e duráveis, como aço temperado. Isso garantirá a durabilidade da corrente e a redução da necessidade de manutenção frequente. Além disso, fique atento à largura e ao passo da corrente, que devem corresponder às especificações da sua moto.

+ de 100 roteiros para ir de Moto

Nesse e-book você vai encontrar mais de 100 destinos e roteiros para curtir um dia sobre duas rodas

Clique no botão logo abaixo para saber mais:

4. Dicas para instalar a nova corrente na moto corretamente

Agora que você já removeu a corrente antiga da sua moto, é hora de instalar a nova corrente. Antes de começar, verifique se a nova corrente tem o mesmo número de elos que a corrente original. Caso contrário, você precisará ajustar o comprimento da corrente para garantir um ajuste perfeito.

Além disso, certifique-se de lubrificar a corrente antes de colocá-la na moto. Isso ajudará a prolongar a vida útil da corrente e garantir um funcionamento suave. Utilize um lubrificante de corrente de qualidade e aplique-o uniformemente em toda a extensão da corrente.

  1. Antes de fixar a nova corrente, posicione a roda traseira da moto de forma que a corrente fique esticada, mas não muito apertada. Isso ajudará a facilitar a instalação.
  2. Em seguida, passe a corrente pela roda dentada traseira, tomando cuidado para posicioná-la corretamente nos dentes. Em seguida, passe a corrente pela roda dentada dianteira e ajuste a tensão da corrente conforme as especificações do fabricante da moto.
  3. Por fim, verifique se a corrente está corretamente alinhada com as rodas. Uma corrente desalinhada pode causar desgaste prematuro e afetar a dirigibilidade da moto.

Livro digital gratuito!

Quer aprender a como viajar de moto e entender a importância do planejamento antes de sair para a sua próxima viajem?

Basta preencher o formulário e ter acesso ao E-book Gratuito “Como Viajar de Moto”.

Formulário - Newsletter

5. Importância de manter a corrente da moto lubrificada

Muitos motociclistas subestimam a importância de manter a corrente da moto lubrificada. No entanto, a lubrificação adequada da corrente é essencial para garantir a vida útil da mesma e para a segurança do condutor. A falta de lubrificação pode resultar em aumento do desgaste da corrente e até mesmo em sua quebra durante a condução, o que pode ser extremamente perigoso.

Manter a corrente da moto lubrificada também contribui para um funcionamento mais suave e silencioso, e ajuda a prevenir o acúmulo de sujeira e detritos. Além disso, a lubrificação adequada reduz o atrito entre os elos da corrente e a coroa, proporcionando uma melhor eficiência de transmissão de potência para a roda traseira.

6. Como ajustar a tensão da corrente da moto

Como trocar a corrente da moto

Para garantir o bom funcionamento da moto, é essencial manter a corrente de transmissão corretamente ajustada. A corrente muito folgada pode causar barulhos estranhos e até mesmo danificar a transmissão, enquanto a corrente muito apertada pode causar desgaste prematuro. Por isso, é importante saber como ajustar a tensão da corrente da moto de forma correta.

O primeiro passo é verificar o manual do proprietário para saber a especificação de tensão da corrente da moto. Em seguida, é necessário encontrar os pontos de ajuste na roda traseira e na balança. Com o auxílio de uma ferramenta apropriada, ajuste a tensão da corrente de acordo com as especificações do fabricante.

Uma vez que a corrente estiver devidamente ajustada, é importante verificar a roda traseira para garantir que ela está alinhada corretamente. Por fim, lembre-se de lubrificar a corrente regularmente para prolongar a vida útil do componente.

7. Erros comuns a evitar ao trocar a corrente da moto

A troca da corrente da moto pode parecer simples, mas existem alguns erros comuns que podem comprometer a segurança e a eficiência do veículo se não forem evitados. Nesta seção, vamos destacar os principais equívocos que você deve estar atento durante o processo de substituição da corrente da moto.

  1. Não adequar a corrente corretamente: Um dos erros mais comuns ao trocar a corrente da moto é não ajustar a tensão corretamente. Uma corrente frouxa pode causar problemas de transmissão e desgaste prematuro, enquanto uma corrente muito apertada pode sobrecarregar o sistema e causar danos.
  2. Não lubrificar a corrente adequadamente: A lubrificação é essencial para garantir a vida útil e o desempenho adequado da corrente de transmissão da moto. Não se esqueça de lubrificar a corrente regularmente e após a troca.
  3. Ignorar o estado das engrenagens: Ao trocar a corrente da moto, é crucial verificar o estado das engrenagens. Engrenagens desgastadas ou danificadas podem comprometer a eficiência da transmissão e causar problemas adicionais no futuro.
  4. Não seguir as recomendações do fabricante: Cada moto e corrente pode ter especificações e recomendações únicas. É fundamental seguir as instruções do fabricante para garantir a correta troca e manutenção da corrente da moto.

8. Quando é necessário trocar a corrente da moto?

A corrente da moto é um componente essencial para a transmissão da potência do motor para a roda traseira. Com o tempo, a corrente da moto pode se desgastar devido ao uso constante e à exposição a diferentes condições climáticas. É importante estar atento aos sinais de desgaste da corrente, como barulhos estranhos, folga irregular ou até mesmo o aparecimento de pontos de ferrugem.

Além disso, é recomendado verificar a corrente da moto regularmente para garantir que esteja lubrificada adequadamente. A falta de lubrificação pode acelerar o desgaste e comprometer a segurança durante a condução. Portanto, é fundamental realizar a troca da corrente da moto antes que ela atinja um ponto crítico de desgaste.

9. Como prolongar a vida útil da corrente da moto

Manter a corrente da moto em boas condições é essencial para garantir uma condução segura e suave. Aqui estão algumas dicas para prolongar a vida útil da corrente da sua moto:

  1. Lubrificação regular: A corrente da moto deve ser lubrificada a cada 500 km, dependendo das condições de condução. Use um lubrificante de corrente específico e evite o excesso de lubrificação, pois isso pode atrair sujeira e detritos.
  2. Manter a corrente limpa: Limpe a corrente com um produto de limpeza específico e um pano macio. Evite o uso de produtos abrasivos que possam danificar a corrente.
  3. Verificar a tensão da corrente: A corrente deve ter a tensão correta para evitar desgaste prematuro. Consulte o manual do proprietário para obter as especificações corretas de tensão.
  4. Evitar acelerações bruscas: Acelerações bruscas podem causar estresse excessivo na corrente, resultando em desgaste prematuro. Mantenha uma condução suave para prolongar a vida útil da corrente.

10. Considerações finais sobre a troca da corrente da moto

A troca da corrente da moto é um procedimento essencial para manter a segurança e o desempenho do veículo. Ao seguir corretamente o processo de substituição, é possível garantir que a corrente de transmissão da moto esteja em boas condições, evitando assim possíveis acidentes ou danos ao motor.

É fundamental escolher uma corrente de boa qualidade e adequada ao modelo da moto, para garantir durabilidade e eficiência no funcionamento. Além disso, é importante realizar a manutenção regular da corrente, verificando o tensionamento e a lubrificação, para prolongar sua vida útil e evitar desgastes prematuros.

Para quem não tem experiência com mecânica de motos, é recomendável buscar a ajuda de um profissional qualificado para realizar a troca da corrente. Dessa forma, é possível garantir que o procedimento seja feito corretamente, evitando problemas futuros e mantendo a segurança durante a condução da moto.

Conclusão

Neste artigo, vimos que trocar a corrente da moto pode ser uma tarefa desafiadora, mas com as ferramentas certas e um pouco de paciência, é possível realizar o procedimento com sucesso. Lembre-se de seguir as instruções do manual do proprietário e procurar a ajuda de um profissional, se necessário. Com essas dicas, você poderá trocar a corrente da moto de forma segura e eficiente.

Livro digital gratuito!

Quer aprender a como viajar de moto e entender a importância do planejamento antes de sair para a sua próxima viajem?

Basta preencher o formulário e ter acesso ao E-book Gratuito “Como Viajar de Moto”.

Formulário - Newsletter
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments